quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Fábula de uma menina com tranças...

...pq na vida existem as pessoas que não fazem, as que fingem que fazem, as que fazem e as que just don’t care about it...
...pq a vida é assim, uma caixinha de surpresas...
.
No ano de 1914 mais ou menos, quando eu era uma linda menina que usava duas tranças em longos cabelos, eu fazia parte de uma turma que ia participar de uma gincana interna.
Daííí, minha professora fez os grupos por ordem de chamada...e eu não queria fica naquele grupo, queria ir pro grupo das minhas amigas...
Daííííí eu cheguei em casa triste e chorando, e minha mãe ligou pra professora, pra interceder a meu favor. Claro que não adiantou. Eu continuei triste mas, curti a gincana.
Nesses dias sombrios, eu tb gostaria que minha mãe pudesse interferir.

Mas existem coisas que não combinam com determinadas faixas etárias.
.
Enquanto isso, em Sucupira City, everything is just the same... E eu sigo caminhando, cantando e seguindo a canção (eita canção longa!)
.
Pq na vida a gente ganha, perde e impreterivelmente, se estressa. Muito, sempre e com tudo. Mas não por isso perdemos a sagacidade e a morbidez de uma boa risada sádica.
.
Aham...
.
Pq eu sou legal...sim,eu sou! Eu paro na faixa de segurança, ajudo os velhinhos a atravessar a rua, amo os animais, contribuo com a limpeza da cidade, sou legal até com aquelas pessoas que tentam me derrubar. Sim, eu sei quem são. E sim, eu continuo sendo legal.
É tri vê-las se debatendo... hehehe
.
Recadinho: vai tentando...
.
Sarcástica e insuportavelmente com a razão...
.
xoxo

2 comentários:

Mari Schmidt disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mari Schmidt disse...

que eu posso te dizer...
"É melhor ouvir isso que ser surdo!"
"Quanto mais a vaca pula mais afunda a grama"
Nos resta apenas rir das risadas que as "gincanas" nos proporcionam.

Cabe aos sábios enteder os ignorantes!!!

Beijos gatammmm!
Amo tu

P.S.: escrevi errado o outro comentario e tive que apagar. Por isso aparecem dois comentários!!!