quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Esmiuçada...

As vezes penso que, pra alguém que não gosta de se expor, ter dois blogs e um orkut é meio contraditório...
E depois de tudo que aconteceu esse ano, bem, não poderia deixar de fazer um auto-resumo sobre mim...Pq sim, eu mudei muito nos últimos anos. E mudei ainda mais nos últimos meses...
Não que eu sinta saudade de quando blusa branca sem sutiã era meu uniforme, mas sinto falta de alguns dias em que eu tinha mais energia pra levantar a cabeça...Claro, o desânimo pode ser do calor e dos hormônios da gravidez, mas enfim...
Hoje, eu sou muito mais calmaria que tempestade. Ainda sou bem filha de Iansã e amo um temporal, mas só do lado de fora de mim e da minha janela...
Amo algumas coisas e não as troco por nada: Babalu e Laisinha, família, amigos, cachorros - os meus e os dos outros (e os sem dono tb!), chocolate, o doce do Babalu, livros, rock n' roll e boa música, vestidos, calças largas, óculos de sol, dia de chuva, um bom churras, filosofia, psicologia, saltos finos e altos, unhas vermelhas e, apesar da distãncia, um bom black label cowboy na beira de uma mesa de biliar...
Ainda desgosto de algumas coisas e pessoas, mas prefiro não falar.
Prefiro falar dos sentimentos que não gosto: não gosto de falsidade, de discriminação, de ignorância, gente grossa, gente que não sabe falar, gente que berra nos meus ouvidos mesmo quando aparentemente em silêncio...gente feia por dentro, que é maldosa..e infelizmente, eu conheço várias assim.
Posso dizer que sou uma boa mistura de música clássica e velho rock n' roll...Pq sim, "todos os psicopatas amam música clássica..." e no meu círculo existem várias tipos de psicopatas!!
Hoje penso mais antes de falar, por que eu sei bem o que palavras ditas de forma desordenada e "sem querer" causam de estrago no coração de alguém. Como diria Dalai Lama "a pedra...depois de atirada, a oportunidade...depois de perdida, a palavra...depois de dita...". Já magoei pessoas por querer. E depois de alguns anos eu senti na pele o que é ser humilhada, ser maltratada, ser mal compreendida, ser magoada...
A vida não esquece de algumas coisas...e sim, o mundo é redondo!
.
Sou meio extremista em algumas questões: não curto injustiça e odeio os direitos humanos...mas isso é assunto pra outro texto.
.
Já tive a ponto de explodir de raiva...e de transbordar de amor...
Já chorei de rir e ri muito depois de crises de choro...
Tive ombros pra compartilhar dores e por vezes, me vi sozinha, mesmo quando várias mãos se estendiam ao meu auxílio.
Minha fé já esteve abalada e tive vários belos desafios pra ultrapassar e me provar que Deus não dorme. E já gritei com Deus chorando de raiva, pedindo explicações para minha falta de sorte, quando na verdade eu estava sendo abençoada com um novo enredo de vida...
E eu já acreditei muito que determinadas coisas aconteceriam e elas...não aconteceram! E eu fiquei de cara comigo e com o mundo, mas descobri depois de um tempo que raiva e whisky é uma combinação explosiva e que, em uma mente descompassada, não funcionam bem juntas.
Tenho TB diagnosticado, mas tenho muita educação! E tenho pra mim que patologia não pode ser usada como desculpa para erros recorrentes. Descobri também que as pessoas se cansam de te estender a mão, quando tu insite em puxá-las para o abismo junto. Então, levantei de lá rumo a um céu imaginário cheio de lombadas e buracos, tal qual uma pista divertidíssima de motocross!
.
Em meu eterno auxilio, uma mãe perfeita, um pai forte, um marido com um amor e uma paciência que não acabam, amigas que não tem preço... e eu achava que o mundo não sorria pra mim...
.
E pra (re)começar, uma gravidez mais que bem vinda, que chegou em um momento de felicidade e não de desespero. Uma princesa linda que certamente fará de meus dias e noites pequenos paraísos de momentos inesquecíveis...
.
Bem...pra quem tinha pensamentos suicidas aos 16 anos e bebia cântaros desde os 14 anos, até que me dei bem até agora...
.
A verdade é...ando em um período de paz comigo. E sentir e saber disso disso já é, por si só, maravilhoso.
.
Xoxo

Um comentário:

Mari Schmidt disse...

Ahhhhhhh que lindoooo!!!
saber que te tenho mais esse ano junto de mim e que, mesmo distante, tu ta sempre do meu lado é algo que nao tem valor no mundo!!! Tu é pra mim uma amiga mais que especial e so eu sei, em determinados momentos, como me deixa angustiada nao conseguir falar contigo e buscar em ti uma luz pra minha cabeça confusa. Tu sempre me diz as coisas que eu preciso ouvir e, por incrivel que pareça, essas coisas sempre me ajudam imensamente!!!
Como ja te disse, te amo pelo que tu foi, pelo que tu é, e pelo que tu ainda vai ser pra mim!!!
Feliz 2010 pra familia Fortes Ferreira!!! Hehehehe...

Beijos