sábado, 18 de julho de 2009

Aprendizado

“Aprender é mudar posturas" – Platão
...
“Você tem o direito de sentir raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel”. Essa frase, de todo o DL, é a mais forte pra mim; por que, eu tenho muita raiva de muitas coisas, mas não tenho o direito de usar a minha raiva de forma cruel, pois sempre a pessoa mais prejudicada, quando soltamos nosso veneno em alguém, somos nós mesmos.
Hoje, surpreendentemente, passei algumas horas conversando sobre o quanto o ser humano muda e aprende. Aprende a ser mais tolerante, aprende a se estressar menos, aprende a se abrir mais.
Aprende, com o passar do tempo, que ficar quieta não significa que tu ta entregando os pontos nem desistindo, mas sim que tu cresceste a ponto de não perder tempo e energia discutindo. Sempre que brigamos com alguém, o desgaste é mútuo. Tu és ofendido, e o outro também se desgasta. Ás vezes me arrependo e no final me dou conta que de nada adianta.
De algum tempo pra cá que sou a favor e levanto a bandeira da cordialidade, da empatia, do amor ao próximo como ser humano porque estamos todos, sem exceção, neste plano, em busca de amor e evolução.
Estar aberto ao novo, a sentimentos de paz, amor e fraternidade de uma forma geral, dizer não à violência seja ela física ou emocional são algumas das formas de enxergar um mundo melhor e mais harmonioso que queremos tanto...mas não nos damos de conta que está aqui, vivo e ao alcance de nossas mãos.
Gandhi já dizia que “Nós temos que ser a mudança que queremos ver no mundo” e, agir sempre da mesma forma, com os mesmos problemas, traz sempre os mesmos resultados, por isso, mude!
Aja diferente, permita-se conhecer e agir de formas diferentes e descubra o poder que tem um sorriso aberto dado de coração.
...
Um mega beijo na bochecha, de coração, à minha flor de maracujá Mari, que está com caXumba (com X)!!! Fica bem pintinho!

Um comentário:

Mari Schmidt disse...

Ai gatammmm... obrigada!!! Beijos